ENQUANTO DESEMPREGO AUMENTA NO BRASIL, EMPRESAS BRASILEIRAS GERAM OPORTUNIDADES NOS EUA


Foto: Braziliantimes

O Brasil foi o segundo país que mais gerou empregos, atrás apenas do México. Dados do Mapa Bilateral de Investimentos Brasil / USA 2019, mostram que o estoque de IED (Investimento Estrangeiro Direto) brasileiro nos Estados Unidos cresceu 356% entre 2008, quando era de US$ 9,3 bilhões para US$ 42,8 bilhões em 2017.

No Brasil, o desemprego alcançou a marca de 12,3% e atinge 13 milhões de pessoas, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conforme divulgado no primeiro trimestre do ano, o desemprego teve aumento em 14 estados brasileiros. Nos três primeiros meses do ano, 13,387 milhões de brasileiros estão sem trabalho e um quarto deles está há dois anos ou mais em busca de uma oportunidade no mercado.

Em contrapartida, com a criação de empregos em alta, os Estados Unidos vivenciam atualmente o menor índice de desemprego dos últimos 49 anos. Em junho, a economia americana registrou a adição de 224 mil empregos em junho, de acordo com Departamento do Trabalho. O resultado surpreendeu até mesmo os economistas, que previam a media de 160 mil.

Levantamento desenvolvido pela Apex-Brasil em parceria com o Brazil-U.S Business Council e a Amcham Brasil, divulgado este ano, mostra o progresso da relação comercial dentre o Brasil e os Estados Unidos. Empreendendo em diferentes setores como, metais, comércio atacadista e instituições financeiras, em 2015 – dado mais recente divulgado até agora – as afiliadas brasileiras empregaram 74.200 funcionários nos Estados Unidos.

Um outro ponto é que o valor vendido no mercado interno e o valor adicionado pelas subsidiárias brasileiras ao produto bruto dos EUA, em 2015, foi de US$ 48,3 bilhões e US$ 7,9 bilhões, respectivamente. O bom desempenho das empresas brasileiras se deve a um processo de qualificação do mercado americano e do nível de conhecimento de empresários brasileiros que decidem navegar nestes mares. É o que acredita Manoel Suhet, CEO do Global Business Institute – Instituto formado por experts em empreendedorismo nos EUA que auxilia interessados em investir no país.

“A relação comercial dos EUA e do Brasil não é mais a mesma. O empresário brasileiro que pretende investir precisa contar com a expertise de quem já passou pelo processo e já compreende a lógica peculiar por trás do estabelecimento de um negócio de sucesso nos EUA. Até chegar na plena geração de empregos e na consolidação do negócio, existem etapas fundamentais que precisam ser seguidas para evitar prejuízos e naufrágio da iniciativa”, explica o consultor.

FORÇA ESTRANGEIRA NOS EUA

De acordo com o mapa Bilateral de Investimentos, no ano de 2015, as multinacionais estrangeiras detinham um total de US$ 13,2 trilhões em ativos nos EUA e empregavam 6,8 milhões de pessoas. As vendas no mercado interno e o valor agregado ao produto atingiram, aproximadamente, US$ 4 trilhões e US$ 8,9 bilhões em 2015, respectivamente.

O investimento greenfield brasileiro nos Estados Unidos é concentrado na atividade manufatureira, com 64% do valor total dos anúncios do período 2008-2017. Nos Estados Unidos, o estado do Texas foi o principal destino dos investimentos greenfieldbrasileiros, especialmente nos setores de plásticos, produtos químicos e têxteis. O estado de São Paulo foi a maior origem dos investimentos greenfield nos Estados Unidos durante o período 2008-2017.

“Cada setor exige uma expertise diferenciada na hora de empreender nos Estados Unidos. Nosso trabalho, enquanto instituto, é usar a expertise de nossos consultores para abrir caminhos e auxiliar na colocação de empresas, produtos e serviços no mercado americano. Com certeza os números de empregos gerados pelas empresas brasileiras será muito maior num próximo levantamento. Um negócio bem planejado tem muito mais chances de dar certo”, afirma Antonio Miranda, Diretor de Marketing do Global Business Institute.

Para auxiliar empresas a alcançarem o sucesso nos negócios internacionais, brasileiros uniram expertise, suporte e estratégiasque vão além de questões táticas e operacionais. O Global Business Institute é um hub de realização de negócios que conta com as experts em gestão de projetos empresariais nos Estados Unidos, Brasil e América Latina. Os especialistas fazem atencionamento e consultoria para buscar maior sucesso de implementação de empresas em outros países, principalmente nos EUA. Entre os clientes estão empreendedores brasileiros com empresas de médio a grande porte.globalbusinessinstitute.org.

Fonte: Brazilian Times (USA)

Previous JUAZEIRO: SEMINÁRIO DE MODA APRESENTA ESTRATÉGIAS PARA ATRAIR CLIENTES PARA LOJAS
Next PREFEITO PAULO BOMFIM SE REÚNE COM REPRESENTANTES DO GOVERNO ESTADUAL E PLEITEIA NOVOS INVESTIMENTOS PARA JUAZEIRO

No Comment

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.